Ícone se despede: a reportagem.

Defender Despedida

Apesar das limitações com a língua americana, conseguimos finalizar o texto de abertura sobre a reportagem que tem como tema END OF THE LINE sobre a despedida da Defender.

Com uma escrita bastante leve e cativante, pois a reportagem toda tem catorze páginas (14), Dave Phillips escreveu o que segue abaixo.

Dezembro de 2015 entrará para a história como o mês em que as linhas de produção da Defender em Solihull finalmente ficaram em silêncio.É mais do que apenas o fim de uma era, pois este é o fim da estrada para o maior veículo britânico já construído. Este é o dia que o verdadeiro Land Rover – o sucessor dos irmãos Wilks 1948 original – morreu. É uma ocasião muito sombria é certo. Alguns podem esperar que eu esteja usando uma braçadeira preta enquanto escrevo um elogio a morte do Defender. Mas, na verdade estou é com um sorriso apaixonado enquanto eu digito estas palavras, porque este não é um funeral ou nem mesmo uma vigília para comemorar a sua partida. Defender não está morto. Longe de ser cortada em seu auge, o seu melhor anos estão provavelmente para vir. Mas, estou me adiantando. Esta história começa lá atrás nos dias escuros da segunda guerra mundial.

Fonte: Revista LRM, dezembro 2015.

Esses dias esperamos dar continuidade a tradução e publicaremos o restante da matéria.

George Marques

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s